Veröffentlicht: 27.02.2018

SHA 256

O que significa SHA 256?

A sigla SHA 256 é uma função que constitui a base de criptomoedas como a Bitcoin, Bitcoin Cash e Bytecoin. Esta função de hash pertence ao grupo de funções SHA-2. SHA é o acrônimo de Secure Hash Algorithm [algoritmo de Hash seguro, em português].

Uma função de hash é uma função unidirecional que converte cadeias de qualquer comprimento em cadeias de comprimento uniforme. Ela é usada, entre outras coisas, para verificar a integridade dos arquivos.

Origens das funções SHA 2

Estas funções foram encomendadas pelo NIST, o Instituto de Padronização dos EUA. O Departamento de Segurança Interna dos EUA – NSA lançou a primeira versão de uma função de hash em 1991. Desde então, essa função de hash e as funções subsequentes tornaram-se as aplicações padrão na Internet.

SHA 256 e a Bitcoin

O algoritmo de hash seguro desempenha duas funções essenciais para as criptomoedas. A criptomoeda mais conhecida a utilizar essa função de hash é a Bitcoin. Inicialmente, o recurso da Bitcoin é utilizado como uma algoritmo proof-of-work.

Proof-of-work [prova de trabalho] refere-se à criação complexa de arquivos facilmente verificáveis adicionados ao blockchain. Aqueles que fornecerem poder de processamento para esta prova de trabalho serão recompensados com moedas. Este trabalho é comumente chamado de mineração.

Além disso, esta função de hash contribui para a criação de endereços Bitcoin; as moedas podem ser enviadas para um endereço Bitcoin, que compreende 25 a 35 caracteres. É preciso especificar o endereço exato para enviar as moedas.

No entanto, o risco de tentar encontrar outro endereço existente pela digitação é extremamente baixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *