Veröffentlicht: 17.03.2018

A mineração da Bitcoin é lucrativa?

A mineração da Bitcoin é lucrativa?

A mineração da Bitcoin é lucrativa? A mineração da Bitcoin oferece a muitos investidores privados a chance de participar do hype da Bitcoin sem ter que necessariamente comprar Bitcoins.

Afinal de contas, nem todos os investidores estão preparados para investir altas somas de dinheiro em adquirir criptomoedas. Ao minerar, você participa da produção de Bitcoin comprando energia computacional.

Computadores com propósito especial resolvem processos computacionais complexos e garantem que as Bitcoins sejam criadas. Estas são pagas aos investidores em forma de lucro.

Quando mais energia computacional os investidores compram, maior é o número de Bitcoins que são distribuídas.

Ao minerar, contudo, não é necessário investir grandes somas. É possível ganhar acesso ao investir somas de três dígitos, para a alegria de muitos investidores privados.

Muitos investidores ainda querem saber antes de investir se a mineração da Bitcoin é lucrativa porque os números fixos da Bitcoin ou as garantias contratuais de lucro não são oferecidas em retorno.

O processo de mineração é complexo demais para isso. A mineração é lucrativa apenas quando o ponto de igualdade é alcançado, para que então os resultados equilibrem o investimento inicial e o começo da zona de lucro.

Sempre deve ser considerado que pode demorar um tempo para alcançar essa zona de lucro.

Escolha do provedor e resultados

Uma vez que o valor em euro do investimento inicial tenha sido alcançado, os resultados da mineração são considerados resultado líquido porque os investidores finalmente começam a ter ganhos.

Existem vários vendedores no mercado que tornam a mineração disponível para os investidores de varejo.

Se você comparar esses, você provavelmente chegará ao seguinte resultado: leva aproximadamente um ano até que a soma do investimento inicial seja recuperada.

Devido a isso, você deve ter paciência e enxergar a mineração como um investimento a longo prazo.

O nível de dificuldade é também um fator de destaque na mineração. Isso se refere a dificuldade técnica que existe nos processos computacionais.

Essa situação aumenta de forma constante de acordo com o número de mineradores. O nível de dificuldade garante que as distribuições são continuamente reduzidas com o tempo em relação a praticamente todos os provedores.

As exceções são os provedores que oferecerem minerações mistas (que é a mineração em várias criptomoedas), e não apenas a mineração da Bitcoin.

Se a mineração da Bitcoin é ou não lucrativa, isso pode ser determinado apenas no final do contrato de mineração, o qual inclui o valor total que tenha sido alcançado até esse período. Isso depende significativamente em outro fator importante.

Fatores e dependência

Não apenas a dificuldade é um fator considerado ao questionar a lucratividade da mineração de Bitcoin, como a performance da Bitcoin por si só desempenha um papel significativo.

No passado, o valor da Bitcoin cresceu de modo constante. Repetidamente ocorreram as correções de curso, depois das quais, contudo, o valor voltou a crescer de novo.

Assumindo que essa tendência irá continuar, a mineração da Bitcoin é lucrativa e quando o ponto de igualdade é alcançado, os investidores podem conseguir lucros adicionais através desse aumento de valor.

Isso pode alcançar montantes valiosos. Assim, é possível que os distribuidores ao longo dos anos valem duas ou três vezes mais. O ponto de referência é sempre o valor da Bitcoin em euros no momento do investimento inicial ter sido feito.

Um aumento em valor pode apenas acontecer se as Bitcoins distribuídas permaneceram na posse dos investidores.

Qualquer um que compre os seus resultados de mineração diretamente em euros terão muito menos lucros, o que se torna difícil quando a Bitcoin desvaloriza.

Então, o valor das distribuições automaticamente diminui, não importa o quão alto ele seja. Nesse caso, existe apenas uma solução, manter as Bitcoins distribuídas até que a correção de curso acabe e o preço volte a subir.

Outros fatores de mineração que reduzem o lucro incluem os custos de manutenção com os equipamentos, o que a maiores dos fornecedores consideram ser responsabilidade dos investidores.

Assim, pode acontecer dessa parte da mineração ser retida ou automaticamente tomada pelo fornecedor. Na verdade, os indivíduos podem comprar equipamentos de mineração por conta própria para utilizá-los em casa.

Contudo, ao agir sozinho, ninguém consegue arcar com os custos de eletricidade e manutenção pois a mineração é somente lucrativa em grande escala, operada por empresas.

Conclusão

Se a mineração da Bitcoin ainda é lucrativa ou não é algo que não pode ser respondido sem levar um número de fatores em consideração.

Está claro que é preciso uma mineração em larga escala devido aos altos custos. Os fornecedores garantem aos seus investidores de Bitcoin que seus investimentos estão crescendo de modo constante.

Contudo, estes precisam alcançar primeiro o seu ponto de igualdade. O lucro começa somente quando o valor inicial do investimento é retornado.

O valor da distribuição também depende do preço da Bitcoin. Se esse aumenta, a mineração fica absolutamente lucrativa. Se o preço cai, o valor dos resultados da mineração também irão diminuir.

Ao concluir que o aumento no valor da Bitcoin nunca cessa realmente, a mineração é sim lucrativa, desde que como um investimento de longo-prazo.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Weitere Artikel zum Thema

Como criar uma carteira de papel Ripple

Os Bitcoins podem se tornar inúteis?

O Bitcoin é um esquema de pirâmide?

Comprar poder de hash

Mineração de Ethereum

Mineração de Dash