Veröffentlicht: 15.03.2018

Impostos da Bitcoin

Obrigações Impostos da Bitcoin

Impostos da Bitcoin – Antes de investir dinheiro em Bitcoins pela primeira vez, muitos investidores privados se questionam sobre a situação jurídica em relação aos impostos.

Afinal de contas, embora seja possível obter lucros altos investindo em Bitcoin, elas podem ser reduzidas consideravelmente depois da tributação.

Para começar, a boa notícia é que nenhum imposto sobre ganhos de capital é devido no ponto de venda das moedas, como seria de se esperar no caso de ações e títulos.

Em vez disso, o estado geralmente cobra impostos conforme a alíquota do imposto de renda respectiva. A tributação máxima sobre os lucros obtidos com a Bitcoin é, portanto, 42%, embora geralmente seja menor.

Nota-se, aliás, que o chamado período de especulação aplicado ao dinheiro criptográfico também se aplica às Bitcoins. Isso significa que os rendimentos são isentos de impostos após um período de retenção superior a um ano.

Em contrapartida, o imposto de renda é devido se as moedas forem vendidas com lucro após apenas alguns meses de posse. Perdas resultantes da especulação com a Bitcoin podem ser deduzidas do imposto a qualquer momento.

Embora as criptomoedas geralmente sejam concorrentes diretas do euro e do dólar, a Bitcoin é considerada um rendimento do trabalho. No entanto, ainda é preciso esclarecer vários aspectos da situação fiscal da Bitcoin.

Por esta razão, consultores fiscais especializados nesta área podem ser um recurso indispensável.

Impostos da Bitcoin – Por que a Bitcoin é tributável?

Muitas pessoas se perguntam o porquê da cobrança de impostos sobre a Bitcoin. Primeiro e acima de tudo, isso tem a ver com o fato de as criptomoedas gerarem receitas fiscais volumosas para o estado.

A indústria está se expandindo como um todo, e a Bitcoin pode ser descrita como a pioneira neste segmento. Se o governo cobrar impostos em cada transação realizada, pode aumentar significativamente suas próprias receitas fiscais.

Por outro lado, o estado perderia muito dinheiro se este imposto não fosse cobrado corretamente. Quanto menor o imposto de renda da pessoa física, menor a taxa de tributação efetiva.

Esta abordagem é particularmente benéfica para as pessoas com baixa ou média renda. Investindo em Bitcoin, é possível obter uma renda complementar e ainda ter participação em uma criptomoeda inovadora.

Os usuários de bitcoins têm acesso a um número crescente de lojas que aceitam esta criptomoeda como meio de pagamento.

Tais lojas são incrivelmente diversificadas, oferecendo produtos que variam de comida e roupas até os aparelhos eletrônicos mais recentes.

É provável que a Bitcoin e outras criptomoedas substituam os sistemas de pagamento convencionais, tais como cartões de crédito e dinheiro em espécie.

Outro grande benefício da Bitcoin é o seu alto nível de segurança. As transações em Bitcoins não podem ser visualizadas por terceiros, nem mesmo pela administração fiscal.

Impostos da Bitcoin – Para cada país uma lei

Não é de se estranhar que cada país tem diferentes legislações relativas aos impostos cobrados sobre as Bitcoins e outras moedas criptográficas.

Por exemplo, enquanto muitas nações não cobram impostos sobre as receitas geradas com a Bitcoin, outras impõem obrigações tributárias excessivas.

Na verdade, alguns países proibiram totalmente a comercialização de Bitcoins, em virtude de preocupações com a estabilidade de suas próprias moedas.

Porém, muitos outros países encaram a situação de uma forma mais equilibrada. Mais especificamente, impostos sobre quantias de certa magnitude são nivelados sobre a renda e parcialmente limitados a isenções.

Não existe uma legislação uniforme nem mesmo na União Europeia, e cada investidor deve buscar o máximo de informações possível para se manter atualizado sobre este assunto.

Em última análise, ainda é possível lucrar substancialmente com as Bitcoins, mesmo com a incidência de uma carga tributária maior. Além dos investidores, os consumidores médios também podem beneficiar da Bitcoin.

Como muitos cidadãos não querem ser monitorados pelo próprio governo, o anonimato garantido nas transações com Bitcoin é algo muito atraente.

Hackers de vários países viram suas tentativas de roubar dados de Bitcoin fracassarem inúmeras vezes.

Ao se adquirir Bitcoins, é preciso armazená-las com segurança em uma carteira digital, um tipo de cofre de criptomoedas que pode ser baixado facilmente em um PC ou laptop.

Impostos da Bitcoin – Dicas tributárias para a Bitcoin

Quanto maior for a sua precisão sobre as implicações fiscais em seu território, melhores serão as suas chances de prever lucros. Existem alguns truques essenciais que podem ajudar você a poupar dinheiro na forma de incentivos fiscais.

Uma dica é que não é aconselhável vender Bitcoins adquiridas após um curto período de tempo. Em muitos países, adota-se um período de retenção, que tem efeitos positivos sobre os encargos fiscais.

No caso de altos investimentos, você pode obter ajuda com truques e dicas valiosas de consultores fiscais profissionais. Normalmente, é possível otimizar os impostos a serem pagos, sem muita dor de cabeça.

Se você tiver interesse em saber mais sobre o assunto, você pode, naturalmente, realizar a sua própria pesquisa.

Independentemente do nível de tributação aplicada, a Bitcoin vem conseguindo impressionar seus usuários com retornos elevados.

No passado, dobrar de valor em um curto período de tempo costumava ser mais regra do que exceção. De acordo com os especialistas, a expansão da Bitcoin não chegou ao fim, e a previsão é que ela continue a expandir.

Muitas fontes internas acreditam que a moeda convencional logo se tornará obsoleta, e moedas como a Bitcoin representarão a alternativa ideal.

As Bitcoins estão prontamente disponíveis, podem ser transferidas com facilidade e são um investimento lucrativo para o futuro.

Impostos da Bitcoin – Resumo da tributação de Bitcoins

Ninguém deve ser dissuadido de investir em Bitcoin por causa dos impostos.

Admite-se que a situação jurídica deste mercado não está completamente clara, mas um pouco de conhecimento da indústria pode ajudar na obtenção de lucros elevados.

Não devemos esquecer que alguns territórios impõem a tributação como uma regra geral e inflexível. Para ações ou títulos, aplica-se um imposto fixo de 25%, além de uma taxa adicional de solidariedade.

Os legisladores não consideram a Bitcoin um produto financeiro, e sim, um ativo tangível. Consequentemente, o rendimento pessoal está sujeito à tributação.

A tributação máxima neste caso é 42%, embora se apliquem taxas menores em outros casos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *