Veröffentlicht: 15.02.2018

Criptomoedas

O que são criptomoedas?

As criptomoedas são moedas “minadas” ou geradas online. Enquanto o dinheiro comum é emitido por estados ou bancos centrais nacionais, por trás das criptomoedas encontram-se os fundadores privados.

A fim de evitar depreciação, a quantidade de moedas em circulação é limitada. A execução descentralizada de transações através de seu bloqueio garante que a supervisão feita pelo estado seja praticamente impossível.

Ou seja, isso acaba beneficiando qualquer investidor que se preocupe com sua privacidade em meio a um universo repleto de furtos de dados e diferentes tipos de vírus. Além de ser usada como meio de pagamento, a criptomoeda também vem ganhando cada vez mais popularidade como alternativa de investimento.

Por que a criptomoeda se popularizou tanto?

Ao contrário das moedas tradicionais, como o euro e o dólar, o risco de inflação para a criptomoeda é muito menor. Essa relativa segurança é devido a vários fatores. Em primeiro lugar, a distribuição internacional revela que a moeda digital não está restrita a países individuais.

Além disso, o número limitado de moedas também é um fator importante a ser lembrado. Semelhante ao ouro, que está sujeito ao fornecimento finito, as moedas criptográficas são emitidas em quantidades fixas. Sua popularidade nasce na rapidez de transações e nos potenciais lucros obtidos com as moedas digitais.

Numerosos especialistas estão confiantes de que as criptomoedas são um futuro próximo, em um mundo com cada vez mais transações de compra e venda realizadas online.

Diante dos avanços da tecnologia, é perfeitamente possível imaginarmo-nos, em breve, fazendo compras através do uso de Bitcoins e Ethereum em vez de euros ou dólares. Para o cidadão comum, esse desenvolvimento traria muito mais flexibilidade e privacidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *