Postado em: 13. maio 2018

Storjcoin

Storjcoin e a sua plataforma de armazenamento de código aberto

No desenvolvimento da Storjcoin (STORJ), várias pessoas se uniram para criar um projeto verdadeiramente único. O CEO é Shawn Wilkinson, o grande responsável por fazer as coisas acontecerem, tendo tido a ajuda de Tome Boshevski, James Prestwich e John Quinn. Inicialmente, o projeto, cujo nome é o mesmo da criptomoeda, começou com uma versão ponto a ponto (peer-to-peer) do armazenamento de dados. Por ter uma administração completamente descentralizada, não existe uma companhia por trás com a prioridade de lucrar. O resultado disso é uma plataforma que é tecnologicamente avançada, e com uma velocidade que corresponde a essa realidade. Ao mesmo tempo, o preço pelo seu uso é o mais baixo possível.

Qualquer um que possui a Storj também pode participar do processo de tomada de decisões sobre o futuro da plataforma. Nos últimos anos, ela tomou algumas medidas bem marcantes em termos de desenvolvimento. Como exemplo, ela já tem sido integrada ao serviço FTP do Mozilla: o FileZilla. Parcerias com a Microsoft e com a Azure Services também foram firmadas.

Como a mineração da Storjcoin funciona?

A Storj é uma criptomoeda que, como a Bitcoin e a Ethereum, é baseada em um esquema de prova de trabalho. Portanto, é possível minerar alguns blocos, seja através do seu próprio computador ou em pools de mineração. Aqueles que tem habilidades especiais podem usar o seu próprio computador para a mineração. A escolha sobre minerar a Storjcoin com um GPU ou CPU depende exclusivamente do usuário. Contudo, para minerar 24 horas por dia, é indicado o uso de HDDs. As placas de vídeo não têm um tempo de vida muito longo quando são submetidas a uma operação contínua. Os HDDs são muito mais baratos que as placas de vídeo de alta qualidade que oferecem uma performance adequada para a mineração.

Para começar, primeiramente é necessário instalar uma carteira digital. Esta é fornecida no site do desenvolvedor da moeda. Uma carteira online também está disponível, oferecida como alternativa.

Como funciona a plataforma da Storjcoin?

A plataforma é uma nuvem que integra com o seu próprio navegador. O preço depende inteiramente das exigências de armazenamento do usuário. Em dólares, 1GB por mês custa US$0,015. O espaço está ligado a largura de banda nesse caso. Isso é necessário para manter os custos de operação para cada membro os mais baixos possíveis. Portanto, não existem pacotes de preços fixos, pois assim alguns usuários teria, que pagar por serviços que acabariam não utilizando.

Para os primeiros doze meses, os operadores dessa plataforma oferecem uma cota livre. Os primeiros 25 GB são gratuitos para os novos usuários.

Como a Storjcoin e a sua plataforma estão ligadas a blockchain?

Como prevalece uma estrutura descentralizada, a blockchain exerce um papel importante. Isso significa que é feito um back-up do armazenamento de dados múltiplas vezes para evitar problemas desde o princípio do processo.

Diferentes taxas de hash garantem a entrega segmentada dos dados para que eles nunca acabem em um ponto central da memória. Ao invés disso, ele é dividido em inúmeros registros. Esse processo é considerado um dos mais seguros para armazenar dados importantes e confidenciais.

O futuro da Storjcoin parece bastante promissor

Uma coisa é certa: os plano dos desenvolvedores de assumir as grandes companhias de serviço na nuvem, pois o produto da Storjcoin é bastante competitivo. Além disso, o fato da Storjcoin estar acoplada a vários serviços conhecidos faz com que ela seja mais acessível ao público em geral. Em adição a isso, a plataforma está sendo financiada pelos seus próprios usuários, o que faz com que a moeda seja indispensável. Esse é um conceito que oferece benefícios para ambas as partes no projeto. Consequentemente, a comunidade está bem otimista.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bots não podem votar

4.79 / 5 Estrelas
699 comentários para Coin-Report.net submetidos.