Veröffentlicht: 15.03.2018

Guia sobre a mineração Ethereum

Guia sobre a mineração Ethereum

Guia sobre a mineração Ethereum – Tal como acontece com outras criptomoedas, a mineração de ethereum é necessária para apoiar o trabalho do blockchain.

Este processo envolve a resolução de problemas matemáticos utilizando a capacidade produtiva. É possível minerar ether em computadores desktop e laptops, bem como nos chamados ambientes farm.

A exigência principal é que a sua GPU (placa de vídeo) tenha pelo menos 2 gigabytes de memória RAM. Recomenda-se o uso de adaptadores de placa de vídeo da marca ADM.

Como a mineração solo de Ethereum é praticamente impossível, prepare-se para se juntar a um pool. E este guia de mineração de Ethereum vai explicar como fazer isso.

Os participantes da rede envolvidos na recuperação de ethers são recompensados com os próprios ethers, que são uma unidade monetária.

Aliás, existe a questão de os recursos ethereum serem limitados: somente 18 milhões de ETH podem ser minerados em qualquer ano.

Isto serve para proteger a criptomoeda da inflação. Vamos analisar melhor as etapas básicas da mineração de ether.

1a etapa em Guia sobre a mineração Ethereum: Selecionar e criar uma carteira

Antes de começar a produzir ether, você vai precisar abrir uma carteira para esta criptomoeda. Existem várias opções disponíveis, incluindo a Mist, EtherWallet ou Geth.

É bastante aconselhável baixar e utilizar a última opção. No entanto, esta carteira é controlada por meio de um console, que pode ser bastante complicado para o usuário comum.

Por isso, é melhor abrir e usar a opção online MyEtherWallet.

2a etapa em Guia sobre a mineração Ethereum: Selecionar o equipamento

É aconselhável escolher o seu hardware com antecedência. Escolha farms com placas de vídeo AMD para garantir uma produção eficiente.

A mineração de ether não exige nenhum equipamento especial, e até agora, nenhum hardware de minerador ASIC foi desenvolvido para a mineração desta criptomoeda.

A mineração em si é relativamente cara quanto ao consumo de energia. Certifique-se de usar as calculadoras especiais com antecedência para determinar a eficiência da produção de moedas ethereum.

Obtenha uma fonte de energia elétrica e equipamentos para resfriar a instalação farm. Não é aconselhável operar um sistema em casa: o barulho é muito alto e seria simplesmente absurdo.

As outras etapas necessárias para começar a mineração são baixar um programa de mineração e se conectar a um pool.

3a etapa em Guia sobre a mineração Ethereum: Selecionar o pool

O próximo passo é a seleção de um pool, que é uma associação de mineradores. A mineração solo perdeu sua lucratividade, tendo em vista a complexidade crescente da mineração de criptomoedas.

Juntando esforços, os mineradores conseguem gerar e completar blocos muito mais rapidamente, que é o objetivo principal nesta atividade.

Ao escolher um pool, você deve observar sua capacidade, ou seja, o número de participantes. Tenha em mente que estas associações não são duradouras e que a própria complexidade das criptomoedas está em mudança constante.

Esses fatos tornam muito difícil prever a eficácia da mineração em pool. O Minergate é um serviço popular que une mineradores de várias partes do mundo. O endereço na web é: www.minergate.com.

Para se registrar na página, basta digitar o seu endereço de e-mail e senha. É tudo o que você precisa fazer para participar do pool Minergate.

4a etapa em Guia sobre a mineração Ethereum: O minerador e a conexão com o pool

Você vai precisar instalar um software especial para começar a minerar ether. Ele está disponível para o público no site do pool Minergate e em outros sites online. Uma opção popular é o Ethminer Genoil.

Você pode procurar esta opção na Internet, ou então, pesquisar a versão do Ethminer 0.9.41 no Google https://github.com/Genoil/cpp-ethereum/tree/110/releases Sua escolha do software de mineração vai depender do seu sistema operacional e do método de extração escolhido.

O pool fornece software e um arquivo BAT para a mineração com GPU. No entanto, a mineração com CPU é desvantajosa em virtude de sua baixa eficiência, o que demonstra que este método não é adequado para mineração de ether.

Um arquivo .bat contém uma sequência de comandos para executar o arquivo EXE de um minerador, por meio do endereço do pool e do e-mail especificado.

Assim, os comandos do arquivo .bat vão variar de acordo com o que está sendo enviado: ETH CPU ethminer.exe -CFhttp://eth.pool.minergate.com:55751/YOUR_EMAIL

Mineração com um processador simples ETH GPU ethminer.exe GFhttp://eth.pool.minergate.com:55751/YOUR_EMAIL

Mineração com um processador gráfico Seguem algumas instruções breves:

  • Baixe uma versão compatível com o seu sistema operacional e crie uma pasta
  • Baixe o arquivo .bat apropriado para a criptomoeda que você deseja minerar
  • Adicione o arquivo .bat à pasta que contém o software de mineração, para que ele seja encontrado pelo programa
  • Abra o arquivo e altere o endereço de e-mail para exibir o seu próprio endereço de e-mail. Este endereço será preenchido automaticamente se você estiver registrado no Minergate
  • Inicialize o seu software de mineração

5a etapa em Guia sobre a mineração Ethereum: Inicializar o software de mineração

Após inicializar o seu Ethminer, o processo deve começar no console. Isso conclui o processo, dá início à mineração e significa que você pode começar a ganhar dinheiro.

Você pode calcular o quanto é capaz de minerar verificando a calculadora especial de rentabilidade. Para isso, você vai precisar saber qual é a capacidade de hash do seu equipamento.

Há outra maneira de operar utilizando o software do pool Minergate, ao invés do console do minerador. Ao contrário da maioria dos tipos de Ethminer, este software de mineração possui uma interface.

Após a instalação, você pode fazer o logon no Minergate usando o seu endereço de e-mail. Em seguida, comece a produzir ETH clicando no botão Iniciar Mineração.

A seleção dos mineradores, do software, da carteira e do pool pode variar, mas este guia simplificado apresenta uma forma simples e fácil de começar.

Conclusão – Guia sobre a mineração Ethereum

O preço de mercado da ethereum subiu muitas vezes em 2017, atraindo a atenção de mineradores e entusiastas desta criptomoeda.

Os contratos inteligentes da Ethereum são a grande vantagem desta plataforma em relação à Bitcoin e, portanto, explicam a sua popularidade e preço crescentes.

No entanto, as perspectivas de futuro para a mineração de ETH ainda são incertas.

O fundador da Ethereum, Vitalik Buterin, afirmou claramente que a demanda de mineração vai diminuir com a migração para um protocolo proof-of-stake.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *