Veröffentlicht: 27.02.2018

ECDSA

O que é ECDSA?

ECDSA é o acrônimo de “Elliptic Curve Digital Signature Algorithm” [em português, Algoritmo de Assinatura Digital de Curvas Elípticas]. Trata-se de um sistema de criptografia que é uma variação do algoritmo de assinatura digital (DSA) clássico.

A criptografia de curva elíptica foi desenvolvida entre 1986 e 1987 por Neal Koblitz e Victor Miller. Nos anos seguintes, o método de criptografia passou por análises e um desenvolvimento mais aprofundado. Além disso, o ANSI – Instituto Nacional Americano de Padronização reconhece e padroniza o Algoritmo Digital de Curva Elíptica como um método de criptografia desde 1998.

O ECDSA está sendo cada vez mais utilizado para criptografar softwares. Exemplos notáveis de aplicações incluem a Bitcoin, o Windows e os smartphones.

Como o ECDSA está definido?

Em teoria, o ECDSA é uma função de terceiro grau, mas não pode ser escolhido com total liberdade. Essa restrição existe porque é preciso garantir determinadas propriedades, o que pode ter uma influência direta na segurança. Em função da complexidade da criptografia, também se utilizam curvas padronizadas, que são definidas por diversas instituições.

É fundamental que o tamanho da chave seja o dobro do nível de segurança desejado em um bit. Assim, um nível de segurança de 100 bits vai exigir uma chave com tamanho de 200 bits.

Em virtude dessas propriedades, as curvas elípticas também oferecem vantagens sobre outros métodos de criptografia, tais como o RSA, DAS ou logaritmos discretos. O menor comprimento de bit pode ser 1024 ou até 3072 bits. Isso resulta em algoritmos mais rápidos e melhora o es desempenhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *