Veröffentlicht: 30.03.2018

Como negociar Ethereum

Como negociar em Ethereum

O conceito da Ethereum é sempre procurar otimizar a ideia da Bitcoin. De fato, a Ethereum é a plataforma que contribui para o desenvolvimento de aplicações distribuídas. Seus desenvolvedores quiseram implementar o potencial não revelado da linguagem da criptografia da Bitcoin a nível de protocolo. Assim, uma ferramenta foi adicionada à rede para criar contratos inteligentes.

Um contrato inteligente é uma tentativa de automatizar a realização de transações que levam em conta todas as condições, bem como o resultado dessas transações. Isso vai garantir mais segurança e confiabilidade porque o método não envolve terceiros e os termos contratuais não poderão ser alterados.

O que é possível com a Ethereum

A utilização desses contratos pode configurar uma grande revolução de microcrédito. Os termos e condições de tal contrato são numerosos. Eles podem incluir a transferência de propriedade de certos ativos digitais no caso de inadimplência por um certo período de tempo, pagamentos que consideram os juros acumulados, entre muitas outras coisas. As possibilidades dos contratos inteligentes são muitas e permitem que você crie sua própria moeda.

Teoricamente, a Ethereum tem tudo para passar à frente da Bitcoin no mercado, uma vez que é a alternativa perfeita. Isso é possível graças à sua equipe de desenvolvimento bem coordenada e um vetor de desenvolvimento ativo. A estabilidade do trabalho da rede da Ethereum, no entanto, ainda é uma incógnita.

Onde é possível ver o gráfico da criptomoeda

O gráfico da criptomoeda pode ser acessado através do serviço TradingView, diretamente na seção de gráficos online do site, onde é especificado o par ETH/USD. Você pode decidir qual bolsa de valores quer visualizar. Recomendamos que selecione as mais populares (Kraken, BTC-e, Bitfinex) para análise, uma vez que os preços podem variar muito dependendo da localização. Dos corretores conhecidos, a Ethereum está disponível para negociação em FXopen and AMarkets.

Como negociar em Ethereum

Em AMarkets, a quantidade mínima negociada é de 0,1, o que equivale a 1 Ether. Mas tenha muito cuidado porque a abertura em ETH/USD significará imediatamente menos US$30-60. Isso acontece após a consideração da comissão e do spread atual. A alavancagem é de 1:5, o que significa que o adiantamento é de 20% do valor total do contrato.

O FXOpen também oferece a possibilidade de negociar contratos a partir de 1 Ether, mas possui um padrão de alavancagem de 1:3 em um spread bem maior. Com uma alavancagem de 1:3 e um preço atual de US$1080, a abertura de 1 lote requer US$360 de capital.

Principais características do par ETH/USD

A melhor maneira de comprar é tentar negociar na demonstração, antes de negociar com o capital real. Inicialmente, faça algumas transações na conta de demonstração para se familiarizar com os termos de negociação. As especificações dos contratos de demonstração são as mesmas utilizadas nas contas reais.

Estratégias de negociação

A criptomoeda é negociada 24 horas por dia, 7 dias por semana, e está em constante oscilação. Este é um ativo em que existem consolidações de curta duração. Portanto, as estratégias de tendência funcionam bem. Ao mesmo tempo, as tendências globais estão em ascensão, mas a crescente volatilidade também está gerando correções cada vez maiores.

Felizmente, os retracements da Fibonacci funcionam bem e auxiliam no cálculo de propinas. Dessa forma, você pode definir o âmbito das correções. Na maioria das vezes, essa correção de preço congela em 61,8%.

Arbitragem

Ao negociar com a Ethereum, você pode usar as mesmas estratégias que já provaram ser viáveis com as moedas comuns. A diferença significativa entre as cotações nas várias bolsas, por exemplo, indica a adequação dessa moeda para arbitragem clássica. A essência da arbitragem é muito simples – compre onde é barato, venda onde é caro.

Correlações

Em todo caso, a criptomoeda como instrumento de negociação ainda é algo novo e que portanto apresenta inúmeras ineficiências. Analise as correlações de diferentes moedas criptográficas para que possa saber identificar essas dependências ocultas e tentar negociá-las. Por conta das despesas gerais (spread + comissão), deve-se dar uma atenção maior às dependências de longo prazo.

Volatilidade excessiva

A Bitcoin é usada, às vezes, como um amortecedor contra a volatilidade excessiva. Dada a volatilidade da própria Bitcoin, isso soa estranho, mas pode ser facilmente explicado por sua neutralidade política. Uma ótima solução é criar um portfólio de mercado neutro que inclua tanto a moeda fiduciária tradicional como também as criptomoedas.

No entanto, você precisa estar preparado para possíveis altos e baixos ao negociar em Ethereum. Em menos de duas semanas, a Ethereum perdeu 40% de seu valor sem motivo aparente, e esses surtos de volatilidade são típicos no universo das criptomoedas.

Isso também já ocorreu e ainda ocorre com a Bitcoin com certa frequência. Com a Ethereum, o que acontece em geral é mais uma correção acentuada do que grandes quedas. Porém, esse ativo ainda é recente e é impossível avaliar de forma concreta seu potencial e possíveis riscos.

Conclusão

O mercado de criptomoedas não deve ser ignorado. De certa forma, é fácil negociar as criptomoedas até pelo grande número de ineficiências não processadas e pela falta de agregadores centrais. Apesar dos imprevisíveis aumentos de volatilidade, maiores gastos gerais e baixa liquidez, esse tipo de negociação tende a favorecer os recém-chegados à indústria.

Corretores e bolsas de valores para Ethereum:

AMarkets
FXOpen
Forex Club
RoboForex
PROCEED
Yobit
Exmo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *