Veröffentlicht: 26.02.2018

Coinbase

Sobre o que se trata a Coinbase?

A Coinbase é uma empresa norte-americana que atua como uma plataforma de negociações e trocas de criptomoedas. O objetivo principal dessa plataforma é negociar a troca de criptomoedas com moedas fiduciárias. Entre as criptomoedas que podem ser negociadas na Coinbase estão Bitcoin, Ethereum e Litecoin.

A origem desse plataforma remonta ao dia 1º de junho de 2012, quando a empresa foi inaugurada por Brian Armstrong e Fred Ehrsam. Antes de fundar a Coinbase, Armstrong trabalhou como desenvolvedor na startup Airbnb. Enquanto isso, Ehrsam trabalhava como negociador de câmbio para o Goldman Sachs.

A ideia deles para a Coinbase surgiu em resposta a uma competição de startups que estava sendo patrocinada pelo Y Combinator.

O Y Combinator é uma startup norte-americana responsável por auxiliar no desenvolvimento de empresas de inovação, como o Reddit e o Airbnb. Assim que a Coinbase deu início a sua plataforma de negociações, o escritório central da empresa foi relocado para a cidade de São Francisco, na Califórnia.

Uma plataforma de negociação de criptomoedas criada através de rodadas de financiamento

A Coinbase recebeu capital de risco em maio de 2013, como parte de uma rodada de financiamento que foi importantíssima para subsidiar o seu desenvolvimento. Um nova leva de capital de risco foi levantada durante outra rodada de financiamento em dezembro do mesmo ano.

Então, graças ao aumento da popularidade das criptomoedas, mais capitais de risco foram investidos em janeiro de 2015. Nessa ocasião, cerca de US$ 75 milhões foram levantados por vários bancos proeminentes. Essa iniciativa de financiamento teve importância histórica pois foi a primeira vez que instituições financeiras investiram no ramo das criptomoedas.

Até o momento, a plataforma já recebeu mais de US$ 117 milhões através de capitais de risco.

Coinbase como a plataforma oficial de negociações de bitcoin

Mais tarde, as autoridades norte-americanas concederam a empresa uma aprovação para operar na negociação de bitcoins em vários estados do país. Essa concessão levou a uma rápida valorização no preço da bitcoin. Nesse período, a plataforma tinha cerca de 2.1 milhões de wallets ativas.

Porém, devido ao seu status de plataforma de negociações reconhecida pelo governo, foi solicitado que a Coinbase divulgasse as identidades dos seus usuários. O Internal Revenue Service (IRS), um setor da Receita Federal dos Estados Unidos, exigiu especificamente a divulgação das contas de cidadãos norte-americanos

Essa solicitação veio em um momento em que três cidadãos do país foram descobertos sonegando impostos através do uso das criptomoedas.

Para combater esse potencial de sonegação fiscal com as criptomoedas, a revelação das identidades dos usuários se tornou um requerimento permanente. Nessa época, a Coinbase já possuía mais de 4.9 milhões de usuários ativos, a maioria deles dos Estados Unidos.

Em agosto de 2017, a empresa anunciou que transações de bitcoin em dinheiro também seriam permitidas, apesar de ter declarado anteriormente que esse tipo de operação não aconteceria. Esse reposicionamento foi necessário para acomodar as solicitações dos usuários e evitar uma possível migração para os ativos digitais.

Nessa conjuntura, o valor de mercado da plataforma Coinbase alcançou o patamar de US$ 1.6 bilhões. Essa capitalização fez da Coinbase a primeira empresa do ramo das criptomoedas a alcançar um valor de mercado superior a US$ 1 bilhão.

Quais serviços a Coinbase oferece?

Os serviços da Coinbase se dividem em duas categorias principais:

1. Global Digital Asset Exchange, também conhecido pelas iniciais GDAX. Essa é uma plataforma profissional de negociações e trocas de criptomoedas. Além disso, esse serviço será expandido para incluir uma plataforma com foco nos consumidores finais que possuem uma wallet integrada.

2. Interface de Programação de Aplicativos da Coinbase. Esse serviço foi criado para os desenvolvedores e comerciantes para que os programas externos possam receber links para a plataforma. Ademais, sua funcionalidade também permite transações executadas com pagamento automático através da plataforma.

Na Coinbase, moedas digitais podem ser trocadas por moedas fiduciárias através do uso do GDAX e da plataforma de varejo para os usuários. Essa instalação suporta criptomoedas como Bitcoin, Bitcoin Cash, Litecoin e Ethereum. Além disso, as moedas fiduciárias mais comuns são aceitas.

Para completar, para oferecer um serviço abrangente, a negociação pode ser conduzida utilizando várias criptomoedas. Uma wallet integrada também permite que o usuário mantenha ou deposite tokens através da Coinbase.

Requerimentos do usuário da Coinbase

Para abrir uma conta na Coinbase, você deve se registrar utilizando um aparelho habilitado com um navegador. Computadores e laptops são mais indicados para esse propósito porque todos os dados e informações da negociação conseguem ser analisados mais facilmente. Além disso, um número de celular é solicitado.

Fazer o login pela primeira vez exige algumas informações que são solicitadas na tela do seu aparelho. Após essa etapa, a Coinbase envia um SMS com um código de confirmação que deve ser utilizado para completar o processo de cadastro. Após a finalização do cadastro, um email de confirmação é enviado para o email que foi cadastrado.

É indicado instalar o aplicativo mobile da Coinbase, o qual exige esse mesmo processo de verificação. Por fim, o usuário precisará enviar uma foto do seu documento de identidade para completar esse processo.

Condições de negociação da Coinbase

A plataforma de negociações e trocas da Coinbase oferece algumas condições especiais. A tarifa cobrada pelas negociações é de 1,5%, e os usuários podem trocar somente o máximo de € 9.000,00 por dia. Contudo, qualquer montante de dinheiro pode ser transferido para uma conta na Coinbase.

Qualquer fundo transferido para uma conta na Coinbase deve ser efetivado através de uma transferência normal, o qual é o método mais íntegro. O aplicativo da Coinbase oferece funcionalidades simples nessas situações.

Ele pode funcionar como uma wallet e também como um ambiente para as negociações, este último uma característica vantajosa que não é oferecida em outras plataformas similares.

Os operadores da Coin-base utilizam um sistema de caixa-forte para fornecer uma proteção extra aos tokens armazenados. O tempo para a realização dos pagamentos é de dois dias. Além disso, múltiplas confirmações via SMS precisam ser realizados, caso contrário, a transação não pode ser executada.

Isso garante que os tokens possam ser guardados somente em plenas condições de segurança. Contudo, para os tokens que não estão armazenados nesse sistema de caixa-forte, os usuários podem solicitar transações instantâneas, as quais levam apenas alguns segundos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Weitere Artikel zum Thema

Como criar uma carteira de papel Ripple

Os Bitcoins podem se tornar inúteis?

O Bitcoin é um esquema de pirâmide?

Comprar poder de hash

Mineração de Ethereum

Mineração de Dash